terça-feira, dezembro 16, 2014

A malta droga-se

Eu sei que não é muito difícil encontrar um fotografia de torso desnudo no meu FB. Ok. Mas o despudor tem limites. Meti uma fotografia com a pata o meu gato na mão e diz-me uma amiga «aquela foto que meteste com a pata do gato tive de olhar duas vezes, pensei o que é que estarias a fazer com uma pila na mão» e outra volta a repetir a mesma pergunta. Entretanto há uns tempos mudei a foto de capa, tendo metido uma foto de Charlie Engman onde se vêem duas nádegas. Perguntam-me três pessoas diferentes algo neste teor «aquele rabo no Facebook é teu? Como é que te meteste naquela posição?». Pois não meti porque o rabo não é meu, mas alguma vez eu mostrava o rabo em público? Anda tudo maluco. Uma foto em torso vá lá, mas alguém anda a fumar coisas... definitivamente. 

3 comentários:

Ricardo Uma Outra Face disse...

Freud explica, querem é ver certas coisas. Para além do torso...

silvestre disse...

Quem saber Ricardo :)

Ricardo Costa disse...

Está tudo desejoso de ver o Silvestrinho =P