domingo, março 29, 2020

A culpa é sempre do Governo

Para os portugueses a culpa é sempre do Governo,  seja qual for, de esquerda ou de direita. Os portugueses não sabem ser responsáveis pelas suas próprias vidas e acções. A estupidez é toda nossa, mas há-de ser sempre por culpa de outrem de preferência acima de nós.

Coisas que seriam interessantes

Seria interessante ver o Trump e o Bolsonaro apanharem Covid19, assim bem forte. No mínimo para apanharem um belo susto, no máximo para fazerem um favor aos seus países. 

terça-feira, março 24, 2020

Novo emprego

Comecei um novo trabalho. Mas em tempo de COVID isso que dizer que estou a trabalhar para outras pessoas na mesa da minha sala. Não sei se tenho expectativas porque tudo isto foi muito rápido, um trabalho que não estava nada à espera e que me pareceu poder ensinar-me algo de novo. Quem sabe a minha vida pode mudar de direção. Era bom.

Este Março não é o que estava à espera

Depois de umas férias que me souberam muito bem, eis que cai uma bomba daquelas. A Pandemia  COVID19 instalou-se no país e isto está um caos. As pessoas são demasiado hedonistas para fazer os sacrifícios necessários, os Estados foram demasiado confiantes. Agora a esperança é uma vacina que deverá chegar nos próximos 6 meses ou temos uma hecatombe social. Nem quero pensar no desemprego, na escalada do crime, etc.

quarta-feira, fevereiro 26, 2020

Meu querido mês de Fevereiro

Depois de um Janeiro de horror e depressivo, o mês de Fevereiro tem sido para lamber feridas para trabalhar a resignação. Pode ser que Março traga outro tipo de sentimento. Agora mesmo o sentimento é de «aguenta, que as coisas são o que são e não mudam». Pode ser que até ao meu aniversário (em Maio) ainda consiga desenvolver qualquer tipo de esperança. Agora mesmo a resignação é o prato do dia. Não é excelente, mas ao menos não há qualquer tipo de expectativa e isso é bom.  

quinta-feira, fevereiro 20, 2020

NISSAN Sucks! A Caetano Power é uma entidade de não muita fiabilidade.

Tenho uma história bastante chata com a NISSAN venderam-me um MICRA que disseram ser super económico e que gasta 11 litros em cidade, 8 litros em consumo misto. Por acaso gostava de saber se mais alguém foi enganado pela Caetano Power como eu. A marca diz que faz 5.5 litros em cidade e 4.5 litros de consumo misto. Esperava até 2 litros mais. Mas o que se passa é despropositado e eles dizem que o carro está óptimo e não tem problema nenhum. Se não tem então é porque fui bem enganado. Alguém tem conhecimento de pessoas que tenham problemas de concumo com o novo NISSAN MICRA? Obrigado.

quarta-feira, fevereiro 12, 2020

Birds of Prey (E a Fantabulástica Emancipação de Harley Quinn)

Quando apareceu o primeiro Deadpool foi uma pedrada no charco, mas o segundo tomo da obra nãoteve aquele efeito de novidade que entusiasma pela diferença. Passa-se o mesmo com a Harley Quinn depois do Esquadrão Suicida. Não se tem o efeito da novidade, mas tal como nunca perderei a vontade de ver todas as sequelas do Deadpool, o mesmo se passará com a Harley Quinn. Há humor negro q.b., muita loucura e ainda alguma espessura dramática quando tem de ser (ali e acolá) porque a Margot Robbie é mesmo muito boa actriz. Vi com prazer.

15/20

quinta-feira, fevereiro 06, 2020

Como arruinar uma hipótese de novo trabalho

Fui a uma entrevista no INE e deixaram-me 75 minutos à espera sem a menor explicação. Vim embora, pois tinha onde estar depois. E a entrevista não iria durar apenas 15 ou 20 minutos. Escrevi um email a dizer que tive de ir embora. Não recebi resposta. Se fosse eu que chegasse atrasado 75 minutos a uma entrevista, suponho que o futuro empregador não seria muito condescendente. Também não fiquei muito impressionado com o profissionalismo deles e com o respeito manifestado pelos candidatos. Concorri, também, para uma vaga em outro departamento, mas como ali são os recursos humanos que fazem a triagem, suponho que já não serei chamado. A ver vamos. 

De volta aos transportes públicos

Não sei se sou eu, mas depois de 5 anos a andar de mota acho que as pessoas mudaram. Estão mais antipáticas, mais tensas, mais amargas. A energia nos transportes públicos é má, faz-me mal.  Também se dá que estou muito sensível ultimamente, mas pronto. Os humanos estão cada vez menos humanos.

A despedida

Depois do fantástico «Parasitas», fiquei a berto a ver mais filmes orientais, mas a realidade chinesa (sem ser filmes de época) não me apela grande coisa. A ideia cultural de base é bonita, o assentar na tradição chinesa de proteger a família, mas o resto é bem aborrecido. Não percebi o porquê do globo de ouro para a melhor actriz secundária, não percebi o porquê de tanta consideração por esta obra. Para mim foi chato. Apenas chato.

11/20

segunda-feira, janeiro 20, 2020

Madame X Tour - Madonna

Dia 14 de Janeiro fui ver a Tia Madonna e gostei muito. É um espetáculo ao estilo Broadway, diferente dos concertos a que nos habituou durante toda a carreira, mas o ADN é o mesmo. 100% Madonna. Umas das coisas mais importantes foi o facto de estar a cantar muito bem (às vezes esquecemo-nos que, na realidade, ela é uma cantora) a voz esteve sempre presente com qualidade. O seu ego maior que a vida sentiu-se em todo o espetáculo, mas foi bom ver também um lado (sincero) de humildade e admiração perante a cultura musical portuguesa e a mestiçagem cultural de Lisboa. Foi tudo muito real e palpável, até o facto de ela ter 61 anos e não ter a mesma força no corpo, a mesma precisão a dançar e a mesma energia cénica. Mas o espírito estava lá, indomável, mandão, opinativo, com humor e agradecido. Madame X knows how to put up a show.

Carta a si mesma da P!nk.


Letter to self: 

Dear Me, you’re getting older. I see lines, especially when you smile. Your nose is getting bigger…You look (and feel) weird as you get used to this new reality. But your nose looks like your kids and your face wrinkles where you laugh. And yeah you idiot… you smoked. Every once in a while you consider altering your face, and then you watch a show where you want to see what the person is feeling... and their face doesn’t move. I cannot get behind it. I just can’t. I want my children to know what I look like when I’m angry. I’m fortunate because I’ve never really depended on my looks. I’ve decided that my talent and my individuality are far more important than my face. So get on board cause I am about to AGE THE OLD FASHIONED WAY (over 40 in a tutu ruling shit at 30mph and 100 feet up in the air) Yasssssssss!

p!nk.



Cats

Tive de ir ver. As críticas péssimas e o elenco excelente deixaram-me tanto de confusão como de curiosidade. O filme tem tudo de bom, menos o facto de ser um filme. O que estamos a ver é uma peça de teatro musical que não conseguiu trasncender o que é. O conteúdo do filme não se adequa ao meio. Se fosse ao vivo eu teria gostado bastante, o nosso expectro de atenção ao detalhe é radicalmente diferente consoante o contexto. Como filme parece vazio e oco. Eu quero ver voz e coreografia ao vivo, quando não existe mais nada de cinemático. Há outros musicais que resultaram porque não são elementos de fantasia como é este Cats. Lamento pelo dinheiro gasto na produção face ao resultado. O talento está lá, é o que é, mas não deveria ter sido cinema.

12/20 

segunda-feira, janeiro 13, 2020

E amanhã vou ver a Tia Madonna

É um bocado assim que eu me sinto com ela. É alguém que já faz parte da família e que gostamos sempre de ver, mesmo quando não está na sua melhor forma. Não obstante continua sempre a ser uma inspiração porque aquela ética de trabalho e aquela determinação (ontra tudo e todos) são lendários. Props para ti Tia Madonna. 

Selena does it again...

Não gosto particularmente da Selena Gomez, mas fez o seu retorno ao mundo da música com uma canção estupenda «Lose you to love me» e agora presenteia-nos com um terceiro single que eu tb acho contagiante (mas ela que não pense que eu vou gostar dela, só porque me anda a subornar com música boa :-p)


Rare - Selena Gomez

quinta-feira, janeiro 09, 2020

Novo Single da Alicia Keys



Underdog - Alicia Keys

Adorei a letra que é muito actual e o ritmo descomprometido e contemporâneo faz com a junção dos dois se concretize numa bela canção que é inspiradora para todo aqueles que não estão no "topo da pirâmide". 

segunda-feira, janeiro 06, 2020

A mudança está nas pessoas

Kamikatsu, a vila japonesa que quer atingir o desperdício zero em 2020. Vale a pena ler a história desta comunidade aqui.

Em 2018, só 19% dos resíduos da vila de Kamikatsu foram parar ao incinerador. A ideia é a de sempre: separar, reduzir e reutilizar. Em 2020, quer atingir totalmente o desperdício zero, 45 categorias de reciclagem de cada vez.

Musical Throwback -1



Unhook The Stars - Cyndi Lauper (1996)

I'm not really sad...I'm not running, I'm looking...
Don't worry for me it's just I'm inspired
Waiting in the wings made me drunk with possibility
It rivals my memories...

sexta-feira, janeiro 03, 2020

Vamos agir?

A Austrália está a arder, tem um governo de merda,  mas também uma flora e fauna que estão a ser dizimadas. A WIRES - NSW Wildlife, Rescue, Infomation and Education Service Inc. É uma organização sem fins lucrativos que salva animais selvagens e os trata até estarem em condições de serem devolvidos à natureza. 

Para terem ideia, já morreram mais de 8000 koalas (entre muitos milhares de outros animais). Nós aqui gostamos muito de dizer que são super fofinhos, mas parece-me hipócrita ficarmos de braços cruzados a vê-los morrer. No terreno, a WIRES está com milheres de voluntários, a tentar salvar o máximo de animais, mas precisa de dinheiro para fazer face às despesas. Eu já fiz o meu donativo 75 dólares australianos (46 euros), mas todos os tostões contam se forem muitas pessoas a doar para o fundo de emergência que pode ser acedido no link abaixo:

Donate to the Emergency Fund at https://www.wires.org.au/donate/emergency-fund