quinta-feira, dezembro 29, 2016

O amor é...

video

Não sei como fiz isto, mas o vídeo está no youtube. A internacionalizar o Limão....lol.

terça-feira, dezembro 27, 2016

As férias afinal foram...

Aqui há umas boas semanas atrás pedi sugestões para fazer umas férias de Inverno no nosso Portugal. Acabou por se proporcionar a fazê-las na zona da Serra da Estrela a percorrer essas serras todas e a visitar aldeias, entre as quais Sortelha, Monsanto, Piódão, Idanha-a-Velha, Almeida, Castelo Mendo, Castelo Novo, Alpedrinha, Sobral de S. Miguel, etc. Ficam algumas das fotos.






A minha promessa ao George Michael...

Em 1997 levei esta canção ao Chuva de Estrelas porque o George Michael tinha essa capacidade de me fazer acreditar que muitas das suas canções eram também minhas. Para mim foi o melhor cantor pop que existiu só encontrando correspondência em mestria e sensibilidade na Annie Lennox. 



Porque a música nunca morre, ao George Michael só posso dizer, utilizando um verso desta canção, "so the words you could not say, I'll sing them for you". Sempre.

sexta-feira, dezembro 23, 2016

Einstein knows best

The world is a dangerous place to live; not because of the people who are evil, but because of the people who don't do anything about it. 

Albert Einstein

O que eu peço a todos os leitores deste post é que não sejam mais uma das pessoas que não faz nada. Há milhares de coisas a acontecer, há milhares de causas a apoiar, há milhares de pessoas a responsabilizar. Ser passivo na vida é uma coisa muito triste, assim como não ter olhos para além do que se passa no nosso "quintal". 



quarta-feira, dezembro 14, 2016

Toma lá para não seres cínico

Deus castiga. Estou mal disposto desde ontem pela enormidade de comida que comi no lanche de Natal no trabalho.

terça-feira, dezembro 13, 2016

Encontros de Natal

Já abriu a época oficial dos almoços, jantares e lanches de Natal. Já antevejo os 4kg extra que vou ganhar. Hoje é o lanche do trabalho em que por 3h toda a gente finge que faz parte de uma organização que não prima pelo individualismo e desprezo pelo trabalho alheio. Depois o Presidente faz o seu discurso diz como fomos importantes para a realização das actividades para as quais não contribuímos (nem sequer nos foram comunicadas) e que o futuro é brilhante e que conta connosco para uma instituição mais forte. Eu na realidade estou mais a pensar nas farófias, bolo rei e nas empadas de galinha que costuma ser muito boas. Se me trouxessem um lanchinho à secretaria sem ter de descer ao piso 0 é que era de valor.

Lições sobre vulnerabilidade

São necessariamente aquele tipo de lições que não precisam de acontecer com muita frequência. pelo menos no meu caso. detesto sentir-me vulnerável (apesar de compreender que é importante para viver a vida com maior gratidão).

How to dress well



Lost Youth/Lost You - How to dress well


Ps. um bem haja ao Zehtoh que já melhorou a minha miserável manhã

quarta-feira, dezembro 07, 2016

Ela

Nunca senti vontade de ver o filme que sabia ser do Paul Verhoeven (realizador que considerava mais que esgotado na sua mania de provocar), mas ontem começa à hora certa para eu poder fazer uma sessão dupla de cinema. Ainda bem que assim foi. O filme é muito pouco francês no sentido contemplativo. A contemplação ocorre, aqui, em acção. A interpretação de Isabelle Hupert é magistral e passa por quase todos os estados emocionais num único filme. raramente se assiste a um abandono tão tremendo do actor ao personagem. O filme é quase Isabelle Hupert e o resto é satélite, mas funciona estupendamente. As contradições humanas são o parto forte do filme servidas com subtileza, mas de forma muito directa. 

Verhoeven consegue ser de novo provocador.

17/20

Animais Noturnos

Depois do brilhante «Um homem singular» este «Animais Noturnos» é completamente flat. Se o primeiro filme foi filmado com uma estética de moda em movimento. O segundo é realizado como um anúncio de perfumes, mas de revista. Estático. Fragmentado. Sem profundidade. O próprio argumento é quase 2D. A tentativa de fazer com Aaron Taylor-Johnson o que no primeiro filme foi feito com Jon Kortajerena também falhou redondamente. Doi ver Jake Gyllenhal e Amy Adams a desperdiçarem talento (o primeiro por excesso e a segunda por defeito) em virtude de uma má direcção.

Nota positiva do filme a fantástica interpretação de Michael Shannon que volta a fazer o que faz sempre, mas com a frescura da primeira vez. 

12/20

terça-feira, dezembro 06, 2016

OMG...Estou apaixonado



Pela voz desta senhora.

Sou horrível

Quando a máquina dos bolos fica com o bolo preso. Eu carrego no botão para cair as moedas e depois dou um pontapé na máquina para soltar o bolo. Na realidade isto é assim tipo roubar, mas como eles metem os preços dos bolos muito altos, ladrão que rouba ladrão...


ps. shame on me

Falta de profissionalismo

Fiz um pedido de cariz profissional a 3 pessoas. Um respondeu ao fim de 4 dias e os outros dois ainda estou à espera de uma amostra do trabalho desde 11 de Novembro. Se é assim para uma amostra, então para realizar o trabalho deve ser até 2029. Parece que para a semana chega qualquer coisa, mas já podem esquecer o pedido porque a resposta vai ser um redondo não. 

segunda-feira, dezembro 05, 2016

Prova de vinhos

Este fim de semana tive a minha primeira prova de vinhos como organizador e correu bem. Fiquei entusiasmado com o resultado e em Janeiro repito. Desta vez foi na região de Setúbal, para Janeiro ou Torres Vedras ou Alentejo. 

sexta-feira, dezembro 02, 2016

Coisas parvas

Os pais de uma amiga morreram os dois num acidente de viação. Arrancados à vida de forma violenta e inesperada. Só me faz lembrar que tenho de dizer mais vezes á minha mãe o quanto gosto dela. Telefonei-lhe, mas como de costume não atendeu o telefone... Já sei que devolve a chamada pela hora do jantar que é quando se lembra de olhar para o telemóvel.