sexta-feira, Setembro 12, 2014

O mundo é incrivelmente pequeno

As pessoas estão tão mais interrelacionadas que os fios numa casca de côco.

quinta-feira, Setembro 11, 2014

As pessoas são estranhas. Porque é que temos de fazer outros pensar que nos importamos quando não nos importamos. Continuo sem me habituar e isso vai ser recorrente. Não compreendo que uma pessoa manifeste interesse em estar comigo só para ficar bem ou por convenção social. Ninguém tem de me convidar para um almoço que nunca vai acontecer. Porque é que as pessoas não são claras? Eu se não quero, sou claro. Não faço fretes sociais. Fico mesmo chateado por me incutirem expectativas com acções que não são para serem cumpridas. O mundo era tão melhor se fossemos todos claros.

quarta-feira, Setembro 10, 2014

Aviso à navegação...

I'm going mental.

Pessoas que quebram

Uma pessoa que quebra não tem de ser necessariamente um fraco. Pode ser alguém que anda a ser forte há demasiado tempo.

domingo, Setembro 07, 2014

Limão - 5 meses


Eu digo-lhe «Limão vai à dispensa buscar gel que já acabou» e ele fica no mesmo sítio a olhar para mim. É um interesseiro, quando digo «iogurte» já parece bem mais entusiasmado. 

quarta-feira, Setembro 03, 2014

Lol (no mínimo)


A vida de um homem solteiro

Qual será a diferença entre a vida de um homem solteiro aos 20 e a vida de um homem solteiro aos 40. Desde os 20 que não sou um homem solteiro. Acabava um relação e começava outra. Não sei porque é que os fins são inevitáveis. Mas desta vez gostava de compreender, se for possível, o que leva uma relação a poder ser para sempre. O bom senso diz-me que isso só se sabe a experimentar e a falhar. A minha vontade de compreender diz que deve haver uma espécie de Top 5 dicas para ajudar ao sucesso. O amor só não chega. Isso já sei. Até lá vou sendo solteiro. Nunca esta palavra me encheu tanto a boca.

Chet Faker rocks!



I'm into you - Chet Faker

terça-feira, Setembro 02, 2014

Dava tudo para estar cá

Toca já tudo a ir correr comprar bilhetes para ver o filme. O novo filme de Zach Braff que também é o protagonista principal do mesmo foi possível graças a uma iniciativa de crowd funding e ainda bem que alguém decidiu que valia a pena investir. O filme é apresentado como uma comédia dramática sobre amor e perda, mas é muito mais do que isso. É um filme sobre a importância da família, sobre expectativas, sobre a realização/estilhaçar de sonhos. Sobre a descoberta do que somos e a aceitação das diferenças. Amar é compreender. O argumento é divertido, muito inteligente e tem um alcance existencial profundo. 

18/20

segunda-feira, Setembro 01, 2014

Coisas que só eu sei.

Não percebo lá muito bem porquê.

Recorda-me.


As almas...

Souls are like athletes, that need opponents worthy of them, if they are to be tried and extended and pushed to the full use of their powers, and rewarded according to their capacity. 

by Thomas Merton 

Fãs da Rihanna oiçam isto... as divas não aprovam (lolol)



Quem tiver a coragem de escutar a música inteira (medo... que eu já ouvi) podem seguir este LINK.

sexta-feira, Agosto 29, 2014

Acabadinhos de descobrir... tão cool.



Touch - Shura

Mais uma piada de loiras

- Onde é que a loira tem mais pêlos?
- Na boca

Piada seca (luv, luv, luv)

- O que é que os Xutos & Pontapés têm em comum com o microondas?
- O «Tim».

quinta-feira, Agosto 28, 2014

Acabadinhos de descobrir...like, like.



Little Death - The Neighbourhood

Pois


Fracassos.

«Don’t be discouraged by a failure. It can be a positive experience. Failure is, in a sense, the highway to success, inasmuch as every discovery of what is false leads us to seek earnestly after what is true» 
by John Keats

Questões

Não sei muito bem o que ando a fazer na vida. Ando um bocado a explorar veredas nunca caminhadas. Tenho a consciência de que isto não me vai trazer nada, mas que tenho de deambular por aqui mais uns tempos. Quase como para valorizar algo que sempre tive e que poderei ter perdido a fé a dado momento. 

quarta-feira, Agosto 27, 2014

Porque gosto tanto dos Açores?



Ilha de São Jorge

Acabadinhos de descobrir... e bons.



Lifespan - Vaults

Esquecidas Madonna #1

Seguindo o exemplo do ilovemyshoes resolvi iniciar uma rúbrica sobre músicas acarinhadas de um cantor que deveriam ter recebido um pouco mais de atenção. Começo com a Madonna.




Nothing Fails - Madonna

terça-feira, Agosto 26, 2014

Quando elas se cansam...


Vídeo muito importante!!


Na Índia, país que se diz berço da espiritualidade, é legítima a violação grupal de mulheres. Nos EUA uma mulher é violada a cada 5 minutos. Em muitos outros países os índices de violação são altíssimos. Acho que vídeos como este são importantes para gerar atenção sobre o problema. O força física faz das mulheres muitas vezes o elo mais fraco. Ninguém deveria ser brutalizado. Ninguém. 

sexta-feira, Agosto 22, 2014

Lucy

Alguns mixed feelings. O ponto de partida filosófico é excelente, o ponto de vista científico tem alguns buracos e a forma como foi filmado é um exercício quase livre e doutrinário do realizador, mas com doses de acção eficiente a quebrar a dureza dos argumentos de partida. Aconselho toda  a gente a ver, obriga a pensar e isso é bom. É para ser visto como um filme de série B. Goste-se ou não se goste é um objecto muito interessante. 

15/20

Não podia escrever melhor.



Depois - Marisa Monte

Nós dois
Já tivemos momentos
Mas passou nosso tempo
Não podemos negar
Foi bom, nós fizemos história.
Para ficar na memória
E nos acompanhar...

quinta-feira, Agosto 21, 2014

Ah e tal... gosto de brincar com bolas de stress.


Olha o pé a puxar-me para o chinelo...



Bailando - Enrique Iglesias

Ainda estou em estado de choque por estar a gostar de uma música do Enrique Iglesias. Deve ser a depressão pós-férias e o facto da canção me cheirar a guitarra espanhola na praia ao anoitecer. Conta como atenuante, não?

quarta-feira, Agosto 20, 2014

Activo/Passivo

Sobre estar sempre pronto para mais no que repeita ao sexo, disse-me um amigo que sempre foi activo e que ao fim de 30 minutos de ter sexo estava pronto para outra, no entanto, a partir do momento em que foi passivo deixou de ficar logo pronto para outra, pelo contrário. Acha tudo mais intenso e mais exigente. Fica satisfeito, mas muito mais cansado e o corpo pede tréguas. Levanta-me a questão de ser receptor e da falta de respeito que se tem pelos elementos receptores, sejam eles sexuais ou de outra natureza. Receber/acomodar tem uma certa nobreza não reconhecida.

A Viagem dos 100 Passos

Que nervos me deu este filme. Um oportunidade perdida, desde o desperdício das localizações até ao desperdício do talento dos actores. A história é estupenda e estou certo de que o livro será maravilhoso, mas o filme tenta resolver um duas horas o que não é resolúvel sem saltos no argumento ou falta de densidade dramática. Não temos tempo para saborear nem os personagens, nem o enamoramento que deveria existir entre o actor principal e a comida e entre os protagonistas principais. É como comer um prato de "cuisine" mas sem sabor. Não é um filme fast-food, mas também não alimenta.

12/20 

Sex Tape - O nosso vídeo proibido

Que posso eu dizer? Blhác! Foi-me difícil rir. Não era suposto ser uma comédia?  10/20





De volta com uma imagem desconcertante...


Isto é o rabo de uma cidadã. Palpites? Eu não tenho resposta.

quarta-feira, Agosto 13, 2014

Pergunta

Serão 20 anos felizes ao lado de alguém a mesma coisa que 20 anos felizes ao lado de 6 pessoas? O que importa é ser feliz, mas o ter de começar de novo e ter de fechar capítulos... it sucks!

terça-feira, Agosto 12, 2014

Lisboa

Desde que entrei de férias não fui a lado nenhum. Só praia na Costa e Lisboa. É bom ser turista na minha cidade.