sexta-feira, setembro 23, 2016

As pessoas são maradas

Imaginem uma foto linda de um abraço com um pessoa em cuecas. No canto vê-se um bocadinho do volume dos genitais, mas apenas um bocadinho. Não acho normal que grande parte das pessoas se fixem nesse pormenor como centro da fotografia e façam piropos obscenos. As pessoas são mesmo maradas.

Primeiro dia de Outono

E sinto-me assim meio blhaaa... a única coisa de bom é que vem aí a época das castanhas.

quinta-feira, setembro 22, 2016

Banda para hoje - Ibeyi



River - Ibeyi

Este grupo de origem franco-cubana faz música experimental electrónica em torno dos ritmos R&B, jazz e africanos. Estou no paraíso musical. 

Capitão Fantástico

Um filme soberbo sobre que nos faz reflectir sobre os tempos modernos e a sociedade que nos tornámos, deitando um olhar crítico (mas construtivo) sobre os fundamentalismos motivados pelas melhores e mais puras intenções. Há muito tempo que não via um filme que me tocasse tanto.


19/20

Viagens atrás de viagens

Mal chego de férias começo logo a andar de um lado para o outro. E até ao meio de Outubro não paro. Londres e Viena já está. Bratislava segue-se já de seguida e depois Santo Domingo (viajar para a República Dominicana para andar de fato e gravata é no mínimo estranho). O ano acabará com Helsínquia e Estocolmo. Espero poder baldar-me a Barcelona e Bruxelas. Para quem acha que viajar em trabalho é super, posso dizer que no espaço de 12 meses já levo com 21 viagens no lombo e não gosto nem de aeroportos, nem de hotéis. Contudo, não sou ingrato e sinto-me feliz por ter um trabalho que, apesar de toda a rotatividade, ainda me deixa disponibilidade mental para actividades paralelas e desporto. 

quinta-feira, setembro 15, 2016

Indirectas

O líder do PS, António Costa, mandou, indirectamente, o líder do PSD, Passos Coelho, caçar Pokemons. E não é que eu acho que seria um excelente hobby para ele?

Doente

Há uma semana com uma crise de sinusite. Ninguém aguenta.

segunda-feira, setembro 12, 2016

Milagre no Rio Hudson

Não creio que se possa ir demasiado longe com um filme biográfico que tem de ser fiel aos factos conhecidos. Não obstante um filme desta natureza poderia ser uma soma de lugares comuns dramáticos para nos fazer ficar de lágrima no canto do olho. Parece-me que a contenção com que o filme é feito faz justiça à história e à personalidade do Capitão Sully e a utilização do inquérito da Agência de Segurança Aérea (de braço dado com as seguradoras) como ponto de partida foi inteligente. Tom Hanks volta a ter um papel à sua altura e Laura Linney está também muito bem no papel de uma esposa auto-centrada que se humaniza. 

15/20

terça-feira, setembro 06, 2016

The Voice - Primeiros concorrentes

Anda toda a gente pasmada com o Bruno, que cantando muito bem não me tocou. Para mim aquele grupinho de três é que tem alguma coisa de especial. Fiquei tão fã deles. 

Ideia nova

Este ano vou fazer também uma festa de anos no Inverno. O meu aniversário é a 10 de Maio, mas uma amiga fez agora uma festa de anos de verão (ela nasceu em Fevereiro) e eu achei a ideia engraçada. Assim que em Novembro faço a festa de anos de Inverno. 

Quatro dias depois da volta ao trabalho

As férias já me parecem uma memória tão distante. Nada mudou em três semanas por aqui. Continua a desorganização da administração pública portuguesa, o conformismo dos funcionários. Pronto, pelo menos o ar condicionado funciona muito bem.


segunda-feira, setembro 05, 2016

Florence - Uma diva fora de tom

Acompanho desde há muito tempo as histórias de divas tragicómicas da ópera (a nossa Natália de Andrade é disso um exemplo, constando com a Florence no CD das piores cantoras de ópera de sempre) e Florence Jenkins foi uma das mais importantes. Meryl Streep como sempre traz-nos uma interpretação sem mácula e coadjuvada por um impressionante Hugh Grant: Para quem se ri destas mulheres tenho apenas a dizer que elas realizaram os seus sonhos. Quantas pessoas se podem gabar disto? E parafraseado a Florence Jenkins «eles podem dizer que eu cantei mal, mas ninguém pode dizer que eu não cantei». Isto diz tudo.

16/20  

Experimenter

Um filme extremamente interessante sobre uma experiência de psicologia social levada a cabo em 1963 e que ainda hoje tem uma enorme relevância na explicação da obediência e dos motivos que levam pessoas absolutamente normais a torturar outro ser humano apenas porque cumprem ordens. A experiência condicionou o resto da vida do investigador porque foi considerada pouco ética, mas a repetição da experiência em 2008 e 2010 veio mostrar que os resultados continuam consistentes e dá muito que pensar.


16/20

sexta-feira, setembro 02, 2016

quinta-feira, setembro 01, 2016

A volta ao trabalho

Dezoito dias depois de ter saído para férias voltar ao trabalho está a ser uma tarefa fácil. Não estou a produzir muito e estou a ler e-mails. Já não me lembrava como poderia ser chato o meu trabalho e para a semana começam as viagens de novo (só em Setembro são três). Para já ainda tenho no corpo e no pensamento as sensações da única viagem que realmente interessou durante o ano: Atenas e ilhas gregas. Um destes dias deixo aqui umas fotografias de Atenas, Milos e Amorgos. 

O Ex pagou

Para quem estava curioso. :)

quarta-feira, agosto 10, 2016

Silvestre... a carraça.

Hoje bombardeei o ex por todas as redes sociais, endereços de email, mensagens e whatsapp com o meu NIB e a dizer que queria o dinheiro antes de ir de férias a 17 de Agosto. Parece que que resultou. mas a certeza só quando o vir na conta.   

terça-feira, agosto 09, 2016

Pokemon Go (versão alternativa)



Acho que ninguém explicou ao animal e ele inventou a sua própria versão.

O Jardineiro é Jesus... e as árveres?




Isto é que é um radialista :-p

segunda-feira, agosto 08, 2016

Lata do caraças

O meu ex ficou a dever 350 euros. E já lá vão quase 2 anos. Primeiro diz que não pode pagar-me porque tem de esperar até Setembro. Ok. Depois não pode pagar porque vai de férias para a Alemanha e precisa de dinheiro, depois não pode pagar porque vai visitar os amigos a Barcelona, depois não pode pagar porque vai a uma festa qualquer a Madrid. Quando lhe volto a pedir o dinheiro em Janeiro deste ano, pergunta-me porque é que lhe estou a pedir o dinheiro se eu nunca tenho dificuldades financeiras (só por acaso tive uns percalços, mas não tenho de lhe justificar nada) e depois lá me paga em Fevereiro metade e fica de pagar a segunda metade em Março, que depressa passa para Abril. Acontece que em Abril vai trabalhar para o Equador e não paga nada e agora já lhe pedi o dinheiro de novo, mas está de férias em Torremolinos e precisa do dinheiro para copos e diversão. Há malta com muita lata e eu ainda vou mas é pedir o dinheiro aos pais dele.

sexta-feira, agosto 05, 2016

Jonathan McAfee outro expressionista para o baú




Adoro expressionistas e descobri mais um. Estou encantado com o trabalho dele. Se eu tivesse muito dinheiro, mas mesmo muito dinheiro, iria fazer competição ao Berardo.

Esquadrão Suicida

Falar deste filme não é exactamente fácil. Vamos por partes. Este filme joga no mesmo campeonato do Deadpool e dos Guardiões da Galáxia (ambos excelentes enquanto objectos que maximizam o conceito de anti-herói). Embora esteja bem feito do ponto de vista visual, falha completamente na anarquia que se sente nos outros dois. Um filme sobre vilões que são heróis deveria ser politicamente incorrecto. O filme nunca consegue esse estatuto e não chega a ter humor suficiente ou "anarquia" suficiente. E os personagens são quase bonecos, não são pessoas, há pouca credibilidade, com a honrosa excepção da Margot Robbie que fez o trabalho de casa e que confere à sua personagem Harley Quinn a loucura necessária, o humor necessário e a emoção necessária para ser uma pessoa e não apenas um boneco. Só por ela vale a pena ver o filme, mas apenas por isso.

12/20

Colega tiazorra porreiraça - X

«Vi-me agora ao espelho estou cheia de má vida à volta dos olhos.  Quem pensar que é rugas está muito enganado. São muitas bebedeiras, muitos cigarros e muitas noites mal dormidas.»

quinta-feira, agosto 04, 2016

Limão em Chill Out mood



Mal sabe o Limão que a Wiki chega no sábado. Acho que não estaria a dormir tão descansado. :-p

Wikipédia Raquel


A Monstra (como eu lhe chamo) é a cadela do namorado e desde que ele vive comigo ela tem ficado em casa dos avós dele, mas tem passado cada vez mais dias connosco.Esta semana volta para mal do Limão que tem uma ciumeira/desconfiança terrível da cadela. Mas como não é parvo sabe que os seus 6.3kg não podem muito contra os 33 kg dela e vive a relação com uma distância de segurança. Ela nem dá por ele. Só presta atenção a quem brinca com ela e a esta altura do campeonato já sabe que o Limão não tem muito interesse nisso. 

Colega tiazorra porreiraça - IX

Tiazorra - Ó colega, estou a ter um dia péssimo, mostre-me lá umas daquelas fotografias suas em tronco nu para ver se me fico a sentir melhor.

quarta-feira, agosto 03, 2016

Só o namorado

Só o namorado é que me faz ver o Mamma Mia duas vezes. Desta vez (apesar de achar que eles se divertiram imenso a fazer o filme) ainda achei mais "fake" do que da primeira vez.

O prometido é devido

O meu irmão diz que o prometido é "de vidro" em vez de "devido". Para ele é uma brincadeira, mas na realidade para muita gente o prometido é de vidro, a palavra dada é muito quebradiça e raramente chega inteira à sua conclusão. Quem diria que o meu irmão é quase um filósofo.

terça-feira, agosto 02, 2016

Cersei knows best


O amor é lindo


Banks rocks!!



Fuck with myself - Banks


Bolo de espinafres com cobertura de creme de limão


A minha colega de sala disse-me que nunca ninguém lhe tinha feito um bolo e como ela é porreira ontem decidi fazer um, uma versão editada de um bolo que gosto de fazer: Bolo de espinafres com cobertura de creme de limão. Normalmente o bolo é todo coberto e dos lados é barrado com crocante, mas eu só tinha uma lata de leite condensado e pronto, foi o possível. Espero que a faça feliz.

segunda-feira, agosto 01, 2016

Pokemons... grrrrrrrrrrrr.

Não sei o que se que passa, mas diz-se que existem sempre Pokemons à minha volta. De repente tenho pessoas a quererem estar perto de mim para caçar os bichos. Espero que seja apenas uma infeliz coincidência e que desvaneça rapidamente.

Um som que faz lembrar o verão na cidade




Austin - Hannah Gill  The Hours

Esta menina, se tiver o reconhecimento que merece, vai começar a dar cartas brevemente. Vamos ver se o mundo normalizado da pop e a geração plastic food não lhe cortam as vazas.

À Procura de Dory

Apesar de ter sido arrasado pela crítica (talvez pela falta de originalidade e de não acrescentar muito a uma história que já estava completa - ver À Procura de Nemo). Eu achei o filme fofinho. Traz uma mensagem de capacitação para todos os que são subestimados e não acreditam em si. A tecnologia evoluiu imenso desde a primeira vez que vimos a Dory no ecrã e alguns momentos de animação são bastante espectaculares, mas há novas personagens que são deliciosas, o polvo, a baleia, a ave tresloucada. O filme, apesar da falta de novidade que muitos detractores apontam, é uma experiência gratificante e vale a pena ver.

15/20

Coisas que não compreendo

O que leva uma mulher madura (dos seus 40 e poucos anos) a ter um olho tatuado em cada mama? A primeira coisa que me ocorreu foi de que tal é uma estratégia para chamar a atenção paras as mamas que não eram propriamente um magnífico exemplar dessa parta anatómica da mulher. Confesso que a surpresa me fez olhar várias vezes. Não era nada bonito, mas era curioso.