quarta-feira, abril 19, 2017

O Sr. Ciclista que provocou um acidente

Ia eu de mota na Ribeira das Naus quando um ciclista entra pela passadeira a pedalar. O problema é que eu já estava a meio metro da passadeira e mesmo a 40km/h bati-lhe apesar de ter travado. Ele caiu da bicicleta feriu os cotovelos e bateu com as costas. porque não queria parecer um tubarão. Deixei que viesse a ambulância, a policia disse que recolhia dados no hospital sobre a seguradora dele e tudo isso. Hoje fui buscar o auto do acidente à polícia e descubro que não há seguradora e que provavelmente tenho de ser eu a pagar a pintura da mota e o manipulo do travão que se partiu.  Um tipo provoca um acidente e ainda se vai sair a rir. Descobri entretanto os meus níveis de ansiedade disparam quando vejo ciclistas ou outros motociclista na estrada. A ver se isto me passa ou a experiência de conduzir uma mota em Lisboa vai ser mesmo penosa.  

5 comentários:

Anónimo disse...

E qual foi a postura do ciclista?!?
Anfitrião

Anónimo disse...

Boa sorte com essa historia.

Zeg

silvestre disse...

@anfitriao: O ciclista não deu o corpo ao manifesto. Segundo o auto da polícia.Tenho de ver com a minha companhia de seguros como proceder, mas provavelmente fico "a arder"

silvestre disse...

@Zeg: dedinhos cruzados

N a m o r a d o disse...

A verdade é que qualquer um pode ser ciclista... se andam na estrada deviam de ter pelo menos umas aulas de código para ciclistas... Até porque nos passeios s´p podem andar ciclistas até aos 12 anos e nas passagens de peões os ciclistas têm que desmontar da bicicleta e realizar a travessia com os "pézinhos".