terça-feira, abril 30, 2019

Os Portugueses quando querem ser burros são mesmo

Envolvi-me numa discussão sobre um artigo que pretende classificar as cozinhas dos países da União Europeia. Não se porque ainda me dou ao trabalho de tentar comentar uma coisa destas, quando temos uma quantidade de pessoas a dar opiniões sobre coisas que não conhecem. 

Por exemplo, eu já viajei em 35 países (a maioria na Europa) e, por exemplo, visitei 16 vezes a Itália e 11 cidades Italianas. 

Para se perceber o nível da discussão um senhor português comentava que era um ultraje dizer que a comida italiana é pior que a Portuguesa, porque ele esteve em Itália uma vez e a comida não presta, a Portuguesa é a melhor. Eu disse-lhe que viajei muito em Itália e que acho que juntamente com a Portuguesa são as melhores cozinhas da Europa. Ele responde:

"Esse é o seu gosto e somos todos diferentes, eu por exemplo, detesto viajar, só viajo obrigado pelo trabalho e odeio conhecer pessoas novas. Só comi comida italiana uma vez e não gostei"

O nível de conhecimento é altamente profundo. E são fundamentalmente estas as pessoas que fazem comentários online. Cada vez mais as pessoas com algo a dizer de relevante (e com juízo) se excusam de entrar em diálogos estúpidos com gente burra que não está disposta a aprender ou evoluir. Não vale mesmo a pena, sobre o risco de se ser enxovalhado. Eu tenho é de ganhar mais juízo. 


Sem comentários: