quarta-feira, outubro 31, 2012

saudades.

Tenho saudade dos tempos em que joguei rugby. Com todos os seus defeitos havia também uma grande dose de companheirismo naquela equipa. Coisas que não se encontram com facilidade em outras equipas por onde tenho passado, desportivas ou não.

3 comentários:

Namorado disse...

Pois, se há desporto que não me fascina, esse é um desses... até porque sou portátil e acho que ficaria todo partido durante meses! LOLOL

Alex disse...

Eu tenho pena de não ser matulão para o praticar. Treinei no gym com a equipa de rugby cá da cidade e ajudaram-me muitas vezes. Pessoal muito fixe. Eu subscrevo a tua opinião e não acho um acaso que o desporto mais aberto à defesa LGBT, sendo com o primeiro desportista assumido, sendo com o apoio à homem de colegas heteros, seja o rugby, onde o companheirismo e o fair play assumem proporções raras nos outros desportos de equipa.

Desde o início do meu regresso à blogosfera que tenho pensado um post sobre o assunto.

waclavske disse...

Eu também tenho saudades dos tempos em que joguei rugby contigo... Volta. A equipa ficaria feliz por te ter de regresso.