quinta-feira, junho 05, 2014

Flirt: dúvidas.

Eu gosto de flirts. Acho que é giro perceber um interesse e dar a conhecer ao outro que percebemos. Depois deixar alimentar alguma conversa de forma descomprometida e deixar o outro na dúvida se também temos interesse ou não, com distância suficiente para fazer inversãod e marcha. Uma espécie de toca e foge. Ontem alimentei um flirt com um miúdo de 21 anos. O curioso foi a reacção de um amigo que também é perito de flirt e acha muita piada aos meus flirts. Aos 40 não posso flirtar com ninguém de menos de 26. Não percebi bem se é porque não fica bem para mim ou se porque considera que alguém com menos de 26 é um subproduto de pessoa. Fiquei na dúvida, mas aquele «podias ser pai dele» inclina-me para a primeira opção. Mas eu não tinha interesse no rapaz, era um flirt inocente de ego, o que é que importa? Estarei errado?

7 comentários:

João Roque disse...

Eu chamo-lhe "jogo" e é muito estimulante, mesmo que não conduza a nada como geralmente acontece...

silvestre disse...

@joão: é mesmo para dar em nada. é apenas um jogo. Mas parece que de acordo com alguns tem regras de idade...

Ricardo - Uma Outra Face disse...

Regras de idade? Para quê, se o outro também alinhar... Desde que não seja menor xD

Horatius disse...

Tu tens 40 anos????
Pensei que fosses mais novo xD

silvestre disse...

@ricardo: é basicamente isso :)

silvestre disse...

@horatius: ... :-p

Namorado disse...

Acho que flirtar sem malícia é interessante. Todos nós os fazemos, porque vemos isso sem mal nenhum e ao fim ao cabo estamos a testar os limites dos outros e os nossos. Se 21 anos é demasiado novo, para um homem de 40? Não sei. Acho que demasiado novo é abaixo dos 18. É claro que os gostos individuais de cada um contam. Se ele não gostasse de homens mais velhos não teria dado o "troco".