quarta-feira, junho 11, 2014

Rabos e preconceitos

Amigo: Vou-te dizer uma coisa, tens um rabo estupendo podias ser passivo.
Silvestre: Como?
Amigo: Tens rabo de passivo, redondo e rijo.
Silvestre: Está-me a escapar alguma coisa a mim ou a ti.
Amigo: Digo isto como um elogio
Silvestre: Mas é um elogio totó. Altamente preconceituoso. Se os gostos sexuais das pessoas fossem determinados pela forma do corpo estavamos mal. É como quando se diz que uma mulher que fuma muito fuma como um homem. Eu sou homem e não fumo.
Amigo: Há mais gente que pensa assim
Silvestre: Infelizmente... «tu não podes ser passivo porque és liso como uma tábua», «tu não podes ser activo porque tens a pila pequena». Argumentos inteligentes, sem dúvida
Amigo: Era só um elogio. És muito sério...


Na realidade podia ter-me limitado a rir. Quando conto a história é o que faço. Sou mesmo sério :/


3 comentários:

Horatius disse...

Podias ter dito tudo isso a rir, Silvestre. Se bem que me identifico contigo: rio-me de muita coisa, mas há coisas em que cerro os dentes e sou muito pouco humorístico.

Homem, Homossexual e Pai disse...

o preconceito não dá tregua! sua observação é muito pertinente, e sou obrigado a confessar que eu mesmo ja pensei isto de algum amigo... "blame on me"

Namorado disse...

E começa a formar-se um movimento... LOLOLOLOL