sexta-feira, julho 31, 2015

O casamento

Estou um pouco ansioso com um casamento de família que tenho em Setembro. Resolvi levar o namorado e é um grande passo para a minha mãe que nunca esteve exposta a perguntas ou insinuações por parte da família alargada. 

Há um sector conservador da família que me preocupa no sentido de poder fazer algum comentário que a deixe desconfortável. Está a preparar-se psicologicamente para o evento e sabe que pode ter de fazer alguma ginástica emocional para não dizer algo que não seja adequado. 

A minha mãe está totalmente a bordo do #TeamSilvestre, quando lhe disse que queria levar o namorado. Ela apenas respondeu «é lógico que se ele vive contigo tens de o levar, mas veste-lhe um fato bonito». Ele é muito "t-shirt e calça de ganga" e não sei bem o que é que lhe passou pela cabeça a ela. Volta e meia pergunta «já foram comprar o fato? azul fica-lhe bem por causa dos olhos claros». E está prometido que este fim de semana vamos.

O meu irmão foi ainda mais cool. Quando soube do casamento disse-me «vais levar o teu namorado, certo? Ou vai a família toda ou não vai ninguém». Assim que a minha a mãe se vai apresentar em Clã pela primeira vez com os filhos e respectivos acompanhantes. Uma família.

9 comentários:

Anónimo disse...

É lindo ver a aceitação e apoio da família! (pelo menos por parte da mãe e do irmão)
Espero que o resto corra bem.

silvestre disse...

obrigado. pode ser só excesso de zelo da minha parte. esperemos que ninguém a chateie.

O Anfitrião de Lisboa disse...

E os noivos? Na boa?
Porque esses é que interessam.
E o teu namorado, quer mesmo ir?
O meu não iria - porque não gosta de festas de familia.
Os primeiros 5 minutos vão ser de nervos, e o resto de festa.
E é bom provocar os outros. Ninguém te dirá nada. É tudo muito cobarde.

silvestre disse...

@anfitriao: os noivos na boa. são as primas-avós é que podem ser complicadas.

Horatius disse...

como li num blog algures, ires com ele irá triar as pessoas que interessam das que não interessam...

Luís Verissimo disse...

Ai gosto tanto dessas coisas familiares. O meu boy também é menos dado a cenas dessas, mas vai que o levo por uma orelha. Da última vez que esteve com a minha avó, esta já havia topado tudo, sem que eu lhe tivesse explicado tudo, soube entender as directas e as indirectas e aceitou tudo sem problemas.

Não te preocupes, vai correr tudo bem. É como o Anfitrião diz: somos todos uns cobardolas.

Davide disse...

Assim é que é! Não somos de segunda classe!!! Là vão vocês ouvir umas quantas perolas! Jinhos pa todos Limoncello incluido!

N a m o r a d o disse...

Que momento tão fofo :D

JJ disse...

A tua família é um espectaculo. Parabéns!